Coleções e Inventários #1 – Rousseau e Baillie

“Cada filme é um sistema que tem sua própria lei” – a frase do realizador francês Jean-Claude Rousseau talvez seja a que melhor defina a natureza de seu La Vallée Close, realizado ao longo de mais de dez anos, a partir de visitas regulares do diretor à uma pequena vila no sul da França. O filme consiste num inventário incomum de registros documentais e reflexões pessoais, onde a presença física e sensível das coisas, assim como a atmosfera em que estão imersas, vale muito mais do que o sentido que é possível depreender delas. Pedaços de imagens, extraídos da memória ou da realidade, orbitam muito lentamente em torno de uma conversa ao telefone e dos doze tópicos de uma estranha lição de geografia. Notas pessoais, citações, paisagens naturais, formações geológicas e lugares abandonados constroem assim uma cartografia imaginária e circular, um mapa de reminiscências feito de ligações misteriosas e frágeis.

Belo Horizonte | quarta 9 19h30
Curitiba | quinta 10 19h30

La Vallée Close [O Vale Fechado]
Jean-Claude Rousseau, França, 1995, 140 min, DVD
A região de Fontaine-de-Vaucluse, um livro de geografia, um quadro de Giorgione, um comentário de Lucrécio por Bergson e uma forma poética de Petrarca são os elementos que compõem o vale fechado.

Em Curitiba, a primeira sessão acontece no dia 03 de novembro, com o filme Quixote, de Bruce Baillie.

***


Considerado por muitos como a obra síntese do realizador Bruce Baillie, figura central no cinema experimental americano, o filme Quixote constrói um retrato épico e fragmentado da vida cultural e política dos Estados Unidos nos anos 1960. Assim como em outros trabalhos de sua curta filmografia, entre eles Mass for the Dakota Sioux (1964), Castro Street (1966) e, em menor grau, o belíssimo Valentin de las Sierras (1967), Baillie vale-se de colagens e sobreposições de imagens para criar um road movie hipnótico, em que as formas, as cores e os sons refletem as contradições políticas e sociais da América ao mesmo tempo que capturam a beleza dos homens comuns.

 quinta 3 19h30

Quixote*
Bruce Baillie, EUA, 1965, 45 min, DVD
Cavalos selvagens e um jogo de basquete fazem parte de uma viagem através do país que termina com uma manifestação anti-guerra em Manhattan. Imagens superpostas flutuam no espaço, criando um sentimento de encantamento e desorientação.

* Exibido apenas em curitiba.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: